NOSSO TIME


Maria Helena Passos é editora-chefe da Papier Produções e Editora e coordenadora da Papier Brasil. Foi repórter e editora nas revistas Veja, Istoé, Carta Capital, Conjuntura Econômica e Bovespa, nos jornais O Globo, Folha de S. Paulo e Gazeta Mercantil e produtora de pauta da TV Globo no Brasil. Editou economia e finanças no semanário trilíngue Gazeta Mercantil Latino-Americana. No exterior, integrou o grupo Journalistes en Europ do Centre de Formation et Perfectionnement des Journalistes, em Paris, elaborando a revista trilíngue Europ. Desde a Europa, os Estados Unidos e a Ásia escreveu para a imprensa brasileira. Transmitiu de vários países para os serviços em português e espanhol das rádios France International, Nederland Wereldomroep e BBC. Estudou redação em economia no Internationales Institut für Journalismus, em Berlim. É co-autora com Paulo Henrique Amorim de Plim Plim, A peleja de Brizola contra a fraude eleitoral (Conrad, 2005). Traduz do inglês, francês e espanhol ao português.


Silvia Aquino é sócia da Papier Produções e Editora desde 2012. Socióloga graduada pela Universidade de São Paulo, é especialista em projetos qualitativos e quantitativos de pesquisa de mercado há mais de duas décadas, atendendo basicamente clientes internacionais. Trabalha para institutos de pesquisa brasileiros e internacionais, tais como Ibope, GFK, Ipsos, Beyond Research (Itália), The Futures Company (Argentina). Atua também como tradutora no par inglês-português com cursos de tradução e interpretação na Associação Alumni e Daniel Brilhante. Sua expertise em ambos os idiomas permitiu que, a partir de 2006, desenvolvesse apurada técnica de tradução e versão de materiais tanto de pesquisa de mercado quanto de textos acadêmicos.


 

ALGUNS DE NOSSOS COLABORADORES


  • Ex-correspondente da Thomson Reuters em Montevidéu, a jornalista uruguaia Patricia Avila é editora do serviço online em espanhol da agência de notícias onde escreve sobre política, economia, esportes e cultura. Editar em inglês e traduzir desse idioma para sua língua materna, o espanhol, é a especialidade dessa profissional formada em Ciências da Comunicação pela Universidad de La República, no Uruguai.

  • Consultora de comunicação em microfinanças e desenvolvimento socioeco--nômico, a jornalista norte-americana Lucy Conger é formada em História pela University of Pennsylvania. Mestre em Relações Internacionais pela George Washington University, com especialização em mercados emergentes, escreveu sobre esses assuntos, bem como sobre negócios, desde o Brasil, México e Peru para as imprensas brasileira, inglesa e dos Estados Unidos. Edita textos em inglês e faz versões do espanhol e português a seu idioma materno. É co-autora da obra El Árbol de La Mostaza: Historia de las Microfinanzas en Perú. (Universidad de San Martín de Porres, 2009).

  • Jornalista brasileira, Mirian Paglia Costa dirige a Editora de Cultura. Trabalhou nas revistas Veja e Visão e nos diários O Estado de S. Paulo e Jornal da Tarde . É publisher, editora-chefe e redatora da revista Defesa Latina. Graduou-se também em Música e Direito. Traduz do espanhol, francês e inglês ao português, idioma em que prepara e revisa textos. Respondeu pela revisão e participou do trabalho de localização idiomática realizado pela Papier Brasil para o livro quadrilíngue Palácio da Alvorada. Entre outros, traduziu do inglês o livro Óbvio Adams, de Robert R. Updergraff (Cultura, 1996).

  • Nos 14 anos em que trabalhou para a emissora britânica BBC, Stephen Cviic foi correspondente em São Paulo de 1997 a 2000. Transmitiu as primeiras notícias desde Washington, nos Estados Unidos, após os ataques terroristas de setembro de 2011. Graduado em Inglês pela Oxford University, faz versões do português e do espanhol ao idioma britânico e norte-americano. Verteu trechos de autores brasileiros inéditos em língua inglesa, como é o caso de Monteiro Lobato.

  • Cabo-verdiana, Djamila Delacth é licenciada em Marketing e Publicidade na Escola Superior de Comunicação Social de Lisboa. Em Portugal, trabalhou em marketing de cinema e vídeo, promoção e produção de eventos e de teatro, publicidade e televisão. Como redatora, responde pela adaptação de textos ao português falado na Europa e na África.

  • Argentino, Damian Kraus editou, em espanhol, o semanário econômico Gazeta Mercantil Latino-Americana. Responde pela versão hispânica da revista brasileira online Pesquisa FAPESP. Psicólogo pela Universidad Nacional de Rosario, é doutor pela PUC de São Paulo. Suas traduções do espanhol ao português incluem textos sobre ciência e arte, além do livro sobre saúde pública Sujeitos, saberes e estruturas, de Eduardo L. Menéndez (Hucitec, 2009).

  • Karin Knöbelspies é jornalista e consultora de mídia em Colônia, na Alemanha, através de sua empresa, a Medienbüro. No Brasil, escreveu por vários anos para a imprensa alemã. É formada em comunicação pela Universität Dortmund, onde lecionou jornalismo. Trabalhou na TV pública alemã WDR e preside a Associação das Cidades-irmãs Rio de Janeiro e Colônia.

  • Jornalista e cientista político formado pelo Institut d'Etudes Politiques de Grenoble e pela Ecole Supérieure de Journalisme de Lille, Thierry Ogier é especializado em versões sobre economia ao inglês e ao francês. Trabalhou para a BBC em Londres e em países da África Ocidental. No Brasil, é correspondente do diário francês Les Echos. Escreve sobre economia para o Economist Inteligence Unit e para a revista Emerging Markets, publicação da Euromoney Institutional Investor.

  • Paige R. Penland é escritora norte-americana de livros sobre turismo. Publicou sobre viagens ao México e a países da América Central. É também consultora para edição de textos de comunicação em inglês.

  • No Brasil desde 1993, Ann Puntch dedica-se à versão de textos em português e espanhol sobre arte, projetos sociais, negócios, educação, medicina, assuntos legais, informática e engenharia de produção, além de arquitetura e urbanismo, para o inglês norte-americano. Nascida no Texas, é psicóloga e cientista social formada nos Estados Unidos, onde também reside.

  • Jornalista econômico desde 1988, Oscar Vilas é editor do website do diário uruguaio El País. Foi chefe da sucursal do semanário Gazeta Mercantil Latino-americana em Buenos Aires, Argentina. Formado em jornalismo pela Universidad Técnica del Uruguay, faz versões de textos econômicos do português ao espanhol desde 2008.